domingo, 24 de julho de 2016

Vamos falar abertamente sobre indexação?


O que é? Indexação é simplesmente a leitura e digitação (ou extração) de dados de registros digitalizados, de modo a tornar os mesmos pesquisáveis. Em termos muito simples: Uma pessoa abre uma imagem, lê o que está escrito e digita o que leu.

* Qual o nome dessa pessoa e qual a idade?
Pra que serve? Se você já pesquisou os bancos de dados do FamilySearch, do Ancestrydo Find my pastdo MyHeritage ou de outro serviço de genealogia pago ou gratuito, deve ter notado que o sistema pesquisa de acordo com o que você digitou e lhe fornece informações.

 As informações se tornaram acessíveis à partir do momento em que foram digitalizadas (escaneadas ou fotografadas ou microfilmadas) e indexadas.

Logo, a indexação serve para que a imagem do registro seja pesquisável por meio de digitação de texto.

** Consegue ler esses nomes?
E o que mais? Atualmente há milhares de voluntários que logam no programa, baixam um lote de imagens e o devolvem indexado.

Um lote fica em poder do indexador por um período de sete dias e é salvo no servidor do familysearch, onde os dados ficam armazenados e podem ser salvos para que o indexador continue quando e onde lhe convier.

O que você ganha com isso? Já mencionamos que o trabalho é voluntário?! Pois bem... Como todo trabalho voluntário ele não envolve ganhos em termos monetários. O que você ganha é o mesmo que todos os outros indexadores ganham... Milhões de registros pesquisáveis que servem para montar sua árvore genealógica, caçar sua cidadania, conectar suas gerações. (Se isso parece pouco, com certeza você ainda não teve o prazer de achar uma ficha de imigração do seu tataravô... Mas não desanime! Seu dia dia vai chegar!)

E não, ninguém vai lucrar com seu trabalho voluntário. O familysearch não vende dados e não cobra assinatura.

Por que fazer indexação? Pra preservar e distribuir informações genealógicas de registros do mundo inteiro a custo zero para todo mundo.

Como começar? Todo material e passo a passo podem ser encontrados em https://familysearch.org/indexing/

Isso é tipo um compromisso sério? Não se preocupe porque não há quotas, cobrança, bronca, nada. É um trabalho sério sim, mas é voluntário. Você faz quando, onde e se puder.

Não está convencido? Assista ao vídeo e entenda porque a gente gosta tanto de indexar!





...

Info: A autora é indexadora desde março de 2011. Imagens de nomes de documentos de familiares da autora e de seus familiares.
Vídeo promocional do Familysearch.

Respostas: *Andrelina, 5 anos/ ** Etelvina/ Luiz/ Valentin/ Artur/ Mario / Gelindo/ Silvano/ Geltrudes/ Liberio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...