quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Hiato

O AmoGenealogia começou em 17 de janeiro de 2013.

Manter postagens autorais e semanais interessantes tem sido inviável com muitas outras atividades e um período de desafios, mudanças e adaptação.

De forma não planejada surgiu esse hiato.

Há um esboço, mas não tenho planos definidos para o blog, que seguirá online nesse meio tempo. Aos visitantes silenciosos, espero que seja um até breve.



...

Info: Ilustração fotográfica feita pela autora.

domingo, 9 de dezembro de 2018

Novidades no Gráfico em Leque

O familysearch trouxe modificações no sistema de apresentação em gráfico em leque, que além da versão tradicional, agora mostra país de nascimento, fontes, fotos e assistência à pesquisa.


Fundo do Gráfico de Linhagem de País de Origem

Ficou mais fácil visualizar pessoas sem fontes ou com registros sugeridos.
...


Info: Printscreen do sistema do familysearch editado para proteção de dados. Este blog não é filiado a nenhuma organização.

domingo, 2 de dezembro de 2018

Lista de Leitura

Para pesquisadores iniciantes, recomendo esse interessante artigo:

Como iniciar da maneira correta escrito por Amy Johnson Crow e publicado no blog do FamilySearch, o artigo aborda a pesquisa em 5 passos simples é leve e simpático.



...

Info: Imagem do banco de dados ldsmidia com licença de uso não comercial e link divulgado voluntariamente. Este blog não é afiliado a nenhuma organização.

domingo, 25 de novembro de 2018

Família Pinheiro


Pinheiro é um sobrenome português de origem toponímica. Sua origem é controversa e há diversas variantes sem documentação.
Há uma forte corrente que afirma que o sobrenome foi adotado em Portugal por famílias de judeus que procuravam fugir da perseguição religiosa, chamados de "cristãos novos". (Assim como com outras famílias com sobrenomes ligados à arvores).

O sobrenome é bastante comum nos países de língua portuguesa e é ainda um dos que exibem maior números de variantes em termos de brasão de armas. Alguns afirmam que trata-se de um escudo de prata com cinco pinheiros verdes arrancados, outros exibem um escudo vermelho com um pinheiro arrancado verde com raízes brancas ao lado de um leão rampante dourado e há ainda um terceiro; tripartido com uma flor de lis azul em vermelho, um leão rampante rubro em dourado ou verde e uma cruz pátea com ponta em azul.

Para saber mais:


...

Informações de direitos autorais: Brasões vetorizados pela autora do AmoGenealogia. Somente uso livre não comercial permitido. É proibido o uso comercial dessas imagens (especificamente dessas artes, uma vez que os brasões não possuem donos) sem a permissão da autora. Pode ser salvo, pinado, reproduzido e utilizado para uso pessoal sem necessidade de atribuição. Para mais informações acesse: Heráldica

domingo, 18 de novembro de 2018

Resenha DNA: Comparativo Pais X Filhos



Muita gente olha com desconfiança para os exames de dna com propósito genealógico, pensando que são uma espécie de caça-níquel. Outras pessoas tem a ilusão de que irão encontrar parentes próximos ou até mesmo celebridades. Esses dois pontos de vista são bastante equivocados.

As empresas que vendem esse tipo de serviço publicam histórias de irmãos e pais que se encontraram através desses exames mas a experiência real e comum da maior parte da população será a de encontrar vários usuários com menos de 1% de dna em comum.

Na liberação dos meus resultados constavam mais de 900 correspondências, a maior parte delas de baixa fiabilidade e a maior porcentagem de correspondência, excetuando meus pais, era de 0,6%.

Como meus pais haviam feito o teste, o sistema me enviou a mensagem de que as pessoas X e Y só poderiam ser meus pais dado a porcentagem de 49,9% de dna em comum. (Esses números só podem se referir a relações de pais ou filhos e o sistema faz a escolha baseado na idade informada pelos usuários.)


Comparativo da tela do app

Cada pessoa herda metade dos genes da mãe e metade do pai, mas não é uma coisa matemática do tipo "divide pela metade cada composição genética".


Resumidamente:

Meu dna: 87,9% Europa7% América Central e 5,1% África.
Meu pai100% Europa
Minha mãe: 71,8% Europa8,9% América Central11,1% África, Oriente Médio 6,2%, Oceania 1,1% e Asia 0,9%.

Várias das etnias menores tanto da minha mãe quanto do meu pai já não aparecem no meu dna.


A série "Resenha DNA" não é um publieditorial e não recebeu patrocínio, desconto ou nenhuma espécie de benefício da(s) empresa(s) citada(s). 


Série Completa: PARTE 1: Pedido / PARTE 2: Tracking / PARTE 3: Kit / Parte 4: Espera / PARTE 5: Resultados / PARTE 5: Comparativo Pais X Filhos
...

Info: Imagem dos dados da autora retirada do site citado Resenha de experiência real sem fins lucrativos e sem patrocínio ou vantagens agregadas. Dados dos pais posto com a 

domingo, 11 de novembro de 2018

Família Gonçalves

Novo Brasão na página de Heráldica:


Gonçalves é um sobrenome português de origem patronímica, derivado do nome próprio Gonçalo, do germânico Gundisalvus que pode significar "salvo no combate", "homem disposto a participar de toda luta" ou simplesmente "guerreiro".¹

O brasão é tradicionalmente retratado em verde com uma banda em prata e dois leões ou dois leopardos rampantes em púrpura.

Para saber mais:


...

Informações de direitos autorais: Brasão vetorizado pela autora do AmoGenealogia. Somente uso livre não comercial permitido. É proibido o uso comercial dessa imagem (especificamente dessa arte, uma vez que os brasões não possuem donos) sem a permissão da autora. Pode ser salvo, pinado, reproduzido e utilizado para uso pessoal sem necessidade de atribuição. Para mais informações acesse: Heráldica

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Coco

Se você gosta de história da família e genealogia é provável que tenha assistido e amado o filme Coco(Viva, a Vida é uma Festa) da Pixar/Disney que foi lançado nessa época, no ano passado.

A história é baseada no popular feriado mexicano do Día de Muertos, que no Brasil também é celebrado anualmente em 2 de novembro, embora a tradição aqui seja completamente diferente.

Divulgação
No México, o dia dos mortos é uma festa multi colorida de proporções imensa -para celebrar família, tradições, valores, amigos e familiares que já se foram.

No Brasil, Finados é uma data que a maior parte da população associa a um feriado que é aproveitado de formas diferentes dependendo do dia da semana em que venha a ser. Pode significar churrasco, descida para o litoral, shopping center ou clube. Os mais tradicionais vão ao cemitério levando flores e/ou para lavar e cuidar de túmulos. Pessoas religiosas de algumas denominações vão a cultos e celebrações. Muitas vezes os parentes mais idosos ficam chorosos e depressivos nesse dia e como quase todo ano é uma época cinza e chuvosa, parece que todo o conjunto da obra fica melancólico.

Seja qual for sua escolha para esse feriado de Finados, recomendo o filme Coco para uma sessão de cinema em casa, com pipoca de panela e de preferência com a família, claro.

...

Info: Imagem oficial de divulgação reproduzida sem fins lucrativos.

domingo, 21 de outubro de 2018

Resenha DNA: Os resultados


Tracking da Experiência real de usuário:

O sistema do myheritage liberou ontem os dados da amostra de DNA, 1 semana antes do prazo mínimo informado no sistema. Chegou o aviso por E-mail e os dados estavam liberados no app também.

A apresentação dos dados é bonitinha, com música tradicional dos países/regiões listados e dados apresentados em ordem de porcentagem. Pelo app é mais provável que o usuário acesse o resultado sem o vídeo e tenha dificuldades em baixar o resultado no mapa em PDF.

Por falar em resultado, o meu DNA ficou assim:

Com 87,9% Europa, 7% América Central e 5,1% África, sou 100% brasileira.


A maior porcentagem do DNA foi grega, a segunda maior foi ibérica (portuguesa e espanhola) e em terceiro lugar uma composição de norte europeu, balcânica e judeu asquenazita.

Sempre me defini como descendente de italianos, espanhóis, romenos, portugueses e indígenas, porque por dados comprovados, esses são os países de origem dos meus ancestrais.

Agora descubro por provas científicas que meus italianos vieram da Grécia e meus índios são mesoamericanos. Descubro também que entre meus portugueses existiam judeus da diáspora e que em algum ponto tive antepassados vindos da África, que não me legaram nem traços nem cor.

Surpreendente é um mesmo um bom slogan para o serviço de pesquisa de DNA em genealogia.
Para mim, valeu cada centavo.


A série "Resenha DNA" não é um publieditorial e não recebeu patrocínio, desconto ou nenhuma espécie de benefício da(s) empresa(s) citada(s). 

Série Completa: PARTE 1: Pedido / PARTE 2: Tracking / PARTE 3: Kit / Parte 4: Espera / PARTE 5: Resultados / PARTE 5: Comparativo Pais X Filhos


...

Info: Imagem dos dados da autora retirada do site citado Resenha de experiência real sem fins lucrativos e sem patrocínio ou vantagens agregadas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...